"Salmos 37" - 1ª Parte: Confiança em Deus,                                 

 
 

           

            Todos nós temos que um dia fazer uma escolha e antes de entrarmos no estudo de 'Salmos 37' quero começar nossa leitura bíblica por Deuteronômio 30: 19 e 20: "19 - Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra vós, que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição: escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua semente, 20 - Amando ao Senhor, teu Deus, dando ouvidos à sua voz e te achegando a ele: pois ele é a tua vida e a longura dos teus dias; para que fiques na terra que o Senhor jurou aos teus pais, a Abraão, a Isaac e a Jacob, que lhes havia de dar". Deus então tem como testemunhas: 'Os Céus', ou seja, os habitantes dos céus como ex: os anjos (os bons e também os maus), tem também a Terra como testemunha, ou seja, todos os habitantes da Terra. Para quê estas testemunhas? Acabamos de ler: "Contra ti", ou seja, contra mim, contra você, (somos rodeados de uma nuvem de testemunhas), que Deus nos propôs 'A Escolha' da 'vida ou da morte, da benção ou da maldição'... E Deus ainda nos dá um conselho: "Escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência...".

            Mas como posso escolher a vida? A resposta está no vers. 20: "Amando ao Senhor, amando a Deus, amando o Senhor Jesus, que é o Teu, o Meu Deus, dando ouvidos a sua voz... Como podemos ouvir a voz de Deus? Lendo, ouvindo, estudando a Sua Santa Palavra... Continuando: "...e apegando-te a Ele; pois disto depende a tua vida e a tua longevidade, para que habites na terra que o Senhor, sob juramento, prometeu dar a teus pais, Abraão, Isaque e Jacó". Temos que nos apegar, andar com Deus para que? Disto depende nossa vida, nossa vida eterna, de onde aguardamos a nova terra prometida onde habita a justiça...

            Agora sim vamos então começar nosso estudo de 'Salmos 37' - De onde se fala também da Escolha e o destino dos maus e dos bons:

            Salmos 37: 01 e 02: "01 - NÃO te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que obram a iniqüidade. 02 - Porque cedo serão ceifados como a erva, e murcharão como a verdura". Está dizendo aqui: 'Não fique aborrecido, não fique triste com as pessoas más, e para também não termos inveja dos que praticam o mal, ou seja, vamos a um ex. bem comum em nosso tempo: 'um político corrupto que rouba tanto que se torna bilionário'. A Bíblia está afirmando que logo eles desaparecerão, isto é, eles deixarão de existir. E é usado como exemplo a erva, que seca, ou como as plantas que murcham...

             Deus está dizendo: Relaxe! Deus cuida de tudo. Recebemos então a ordem de Deus, de não nos indignar, mas de confiar em Deus, de alegrar-nos nEle e entregar a nossa vida a Ele. É tudo muito simples, quem complica somos nós... As nossas preocupações, e nossas ansiedades devem ser eliminadas. É triste isto, mas é um fato a preocupação mata mais pessoas que o trabalho duro...

            Qual é a próxima instrução de Deus? Vamos então continuar: "Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado".

Vamos ver como vai ficar nosso estudo então:

1 -  (está em oculto, iremos revelar mais adiante em nosso estudo...)

 

                                                                            1ª Condição: ' Ser forte',

                                               2 - Confiar em Deus = 2ª Condição: 'Ser animado',    

                                                                                                                      3ª Condição: 'Não temer',

3 - Agradar-se em Deus = .

4 - Entregar nossos caminhos a Deus =

5 - Descansar (esperar) em Deus =

            Então temos que confiar, acreditar em Deus, nosso Senhor, nosso dono. Vamos voltar lá em Deuteronômio 31: 06: "Esforçai-vos e animai-vos; não temais nem vos espanteis diante deles: porque o Senhor, teu Deus, é o que vai contigo: não te deixará nem te desamparará".

            No nosso dia-a-dia, enfrentamos muitas coisas que vão enfraquecendo nos espiritualmente e raramente nós percebemos que isto está acontecendo, ficando assim nós vulneráveis aos ataques, aos dardos inflamados do diabo, do inimigo de nossas almas. É comum também em nossas vidas e muitas vezes, passarmos por momentos que olhamos para nós, e percebemos em nós um vazio, uma necessidade de algo que não sabemos o que é (e muitas pessoas sem saber o que é esse vazio pensam por ex: que é a necessidade de saírem as compras, e vão se endividam, e momentaneamente o sentimento de vazio passa, mas logo que ela se acostuma com aquilo que ela comprou, vem novamente a sensação de vazio, é por isso que existem milhões de pessoas, nos vícios do cigarro, bebidas, drogas, etc. para aliviarem a sensação do vazio. Então não vemos saída, não vemos nada que possa levar para algum lugar, e nem mesmo um alivio para as nossas ansiedades... Então muitas das vezes, a correria da nossa vida diária, nos faz tirar os olhos do foco principal, que é o Senhor Jesus Cristo, e quando vemos já houve, já aconteceu, o tão falado, esfriamento espiritual. Aí o que acontece? Você já viu como reage um cachorrinho doente?! Ele perde o apetite não quer se alimentar. E nós também somos assim, muitas vezes perdemos a total vontade de reagir a estas aflições da nossa vida, e a confiança que tínhamos em Deus, de repente desaparece dando lugar ao medo, Você está com medo? Medo do quê?! Me explica! Nós temos ansiedade, ou seja pressa por algo, temos fraquezas, etc.

            Nossa vontade as vezes é aquela de ficarmos quietos num 'canto' vendo tudo acontecer, e quando nos deparamos numa situação que todo cristão deveria passar que é: "Confiar em Deus", então confiando em Deus é que somos guiados pelo Espírito Santo de Deus até a Sua voz (A Sua Palavra) e o próprio Deus nos mostra o verdadeiro refrigério para as nossas almas. Então Deus através da Tua infinita misericórdia de Deus, nos leva em uma rica e maravilhosa viagem pela Tua Palavra, para então nos mostrar que Ele (Deus) está conosco para sempre (Vamos ler João 14:16: "E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre;"), O texto que lemos em Deuteronômio 31: 06, dá-nos uma grande promessa para as nossas vidas. Deus está conosco (Vamos continuar lendo em João 14: 17 e 18: " 17 - O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós. 18 - Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós."). Jesus está dizendo que Ele iria embora, voltaria para o Pai (Deus) mas não nos deixaria sozinhos, não nos deixaria 'órfãos' sem Pai. Que Ele (Jesus) enviaria outro consolador para ficar com a gente até o fim, este seria o Espírito Santo, um Espírito diferente o qual o mundo não pode ter e nem receber. Então Deus lá em Deuteronômio e Jesus no N.T. fazem a mesma promessa de que não nos deixará e também não nos desamparará, mas para isso existem algumas condições colocadas por Deus, vamos voltar para Deuteronômio 31: 06 "Esforçai-vos e animai-vos; não temais nem vos espanteis diante deles: porque o Senhor, teu Deus, é o que vai contigo: não te deixará nem te desamparará". e vamos analisar:

            1ª Condição: "Sede Fortes" ou "Esforçai-vos": Muitas das vezes, achamos nossa condição cômoda demais, e queremos que tudo caia do céu, (e nada cai do céu), ou seja, nós não queremos nos esforçar, queremos tudo de 'mão beijada', queremos tudo fácil, mas vemos que as coisas não são fáceis assim, nós temos que lutar para conseguirmos alguma coisa, vamos a um exemplo bíblico, você já pensou, já parou para pensar se José lá no Egito não tivesse em 1º lugar confiado em Deus e depois se esforçado?! Quando os seus irmãos o venderam?! Se José estivesse desistido, a sua história não teria sido escrita e atravessado os séculos e chegado até nós. O esforço de José, junto com sua fé e amor a Deus, foi o que fizeram ele vencer.

            2ª Condição: "Animai-vos" ou "Corajosos": Quando nós estamos passando por lutas, Ah! É um verdadeiro "Deus nos acuda", é raro olharmos para um irmão que está passando por lutas e ele esteja muito contente, muitas das vezes o seu semblante está abatido, ele anda triste, cabisbaixo, e desanimado, o seu animo já era, ele por momentos se esquece de Deus, se esquece que Deus está com ele em todos os seus momentos. Mas vamos ver na Bíblia em Josué 10:25 "Então Josué lhes disse: Não temais, nem vos espanteis: esforçai-vos e animai-vos; porque assim fará o Senhor a todos os vossos inimigos, contra os quais pelejardes".  Josué foi escolhido por Deus (o nome Josué significa Jesus). Josué foi escolhido por Deus para ficar no comando e no lugar de Moisés, e Josué nos diz que: É Deus quem está a frente do nosso combate, mas para isso temos que ter ânimos, vontade, temos que ter o desejo para que algo aconteça. Senão sem querer seguramos a 'mão' de Deus e nada acontece, por isso é necessário confiar e agir na confiança...

            3ª Condição: "Não Temais" ou "Não tenham medo":  O medo muito das vezes nos afugenta, nos espanta, quando nos deparamos com uma situação que nos causa medo, temor, nós ficamos parados, paralisados, e pior, com uma tendência muito grande de voltar, de recuar, de sair correndo, de fugir do problema. Um exemplo bíblico e bem claro disso, foi quando o profeta Elias, após ter matado os profetas de Baal, Elias ficou amedrontado por causa de uma mulher a Jesabel, fugiu e se escondeu numa caverna. mas o próprio deus foi e tratou com Elias, mostrando para ele que Deus tinha algo mais ainda na vida de Elias, e que Elias não podia ficar ali escondido, tinha que confiar, ter bom animo e não temer. Agora me lembro de um hino que sempre cantamos na nossa igreja, está no vídeo abaixo:

 

            Então vamos ler um pedacinho do profeta Elias. Vamos em 1º Reis 19; 1 e 2 "E ACAB fez saber a Jezabel tudo quanto Elias havia feito, e como, totalmente, matara todos os profetas à espada. Então Jezabel mandou um mensageiro a Elias, a dizer-lhe: Assim me façam os deuses, e outro tanto, se, decerto, amanhã, a estas horas, não puser a tua vida como a de um deles.". Jesabel ficou sabendo pelo rei Acabe que o profeta Elia havia matado todos os profetas de Baal, então Jesabel manda um mensageiro para Elias lhe dizendo que com a ajuda dos deuses ela Jesabel também mataria ao profeta Elias, então Elias se esquece de confiar em Deus, se esquece que Deus é o único Deus verdadeiro, e faca muito temeroso e sai caminhando 4o dias indo se esconder numa caverna. Vamos continuar a leitura: 1º Reis 19: 09 ao 18 "09 - Levantou-se, pois, e comeu e bebeu: e com a força daquela comida caminhou quarenta dias e quarenta noites até Horeb, o monte de Deus. 10 - E ali entrou numa caverna e passou ali a noite: e eis que a palavra do Senhor veio a ele, e lhe disse: Que fazes aqui, Elias? 11 - E ele disse: Tenho sido muito zeloso pelo Senhor, Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram o teu concerto, derribaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada, e eu fiquei só, e buscam a minha vida para ma tirarem. 12 - E ele lhe disse: Sai para fora, e põe-te neste monte, perante a face do Senhor. E eis que passava o Senhor, como também um grande e forte vento que fendia os montes e quebrava as penhas, diante da face do Senhor; porém o Senhor não estava no vento; e depois do vento um terramoto; também o Senhor não estava no terremoto; 13 - E depois do terremoto um fogo; porém, também, o Senhor não estava no fogo; e, depois do fogo, uma voz mansa e delicada. 14 - E sucedeu que, ouvindo-a Elias, envolveu o seu rosto na sua capa, e saiu para fora, e pôs-se à entrada da caverna: e eis que veio a ele uma voz, que dizia: Que fazes aqui, Elias? 15 - E ele disse: Eu tenho sido em extremo zeloso pelo Senhor, Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram o teu concerto, derribaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada, e só eu fiquei; e buscam a minha vida para ma tirarem. 16 - E o Senhor lhe disse: Vai, volta pelo teu caminho, para o deserto de Damasco; e vem, e unge a Hazael, rei sobre a Síria. 17 - Também a Jeú, filho de Nimsi, ungirás, rei de Israel: e também a Eliseu, filho de Safat de Abel-meola, ungirás profeta, em teu lugar. 18 - E há-de ser que, o que escapar da espada de Hazael, matá-lo-á Jeú; e o que escapar da espada de Jeú matá-lo-á Eliseu.
Também eu fiz ficar em Israel sete mil: todos os joelhos que se não dobraram a Baal, e toda a boca que o não beijou".

            Continuando: "Não Temais" - Nós temos que ter outra reação, temos que reagir de outra forma. Vamos para mais um exemplo bíblico (também cantado no hino logo acima). Daniel, vamos então imaginar que ao ser decretado a lei, a sentença de que Daniel ele seria 'jogado', 'colocado' na cova dos leões, vamos imaginar Daniel gritando, correndo, fugindo, ou mesmo ele Daniel em silencio, mas tremendo com um medo, com um grande medo invadindo o seu coração. Será que foi assim?! Não! Quando Daniel ficou sabendo que ele iria para a cova dos leões, ele Daniel 'apenas' orou a Deus e CONFIOU!. Com certeza Daniel ficou apreensivo, mas Daniel não deixou o medo tomar conta de sua alma, sua confiança em Deus foi maior. Então podemos perceber que: Daniel confiou em Deus, se esforçou, não desanimou e não temeu. Daniel tinha um Espírito diferente.

            E para finalizar esta 1ª parte de nosso estudo. Vamos voltar para a história de Josué o substituto de Moisés... Moisés quando mandou 12 espiões para verem como era a terra prometida de Canaã, dos 12 espiões só entraram na terra prometida apenas 2 sendo eles: Josué e Calebe, estes não temeram as lutas, não temeram os habitantes que eles teriam que expulsar da terra de Canaã, Josué e Calebe confiaram, creram em Deus, não temeram, não fugiram do problema que se apresentou para eles. Os outros 10 que não confiaram, que não creram em Deus e suas promessas, que 'fugiram' de medo do problema, foram todos mortos com uma doença e do restante do povo que não creu, foi um a um no deserto morto, por não confiarem em Deus e murmurarem contra Deus. Vamos ler: Números 14: 24 ao 34 "24 - Porém, o meu servo Caleb, porquanto nele houve outro espírito, e perseverou em seguir-me, eu o levarei à terra em que entrou, e a sua semente a possuirá em herança; 25 - (Ora os amalequitas e os cananeus habitavam no vale.) Tornai-vos amanhã, e caminhai para o deserto, pelo caminho do Mar Vermelho. 26 - Aos murmuradores, não é permitido entrar na terra de Canaan  27 - Depois, falou o Senhor a Moisés e a Aarão, dizendo:
Até quando sofrerei esta má congregação, que murmura contra mim? tenho ouvido as murmurações dos filhos de Israel, com que murmuram contra mim. 28 - Dize-lhes: Assim eu vivo, diz o Senhor, que, como falastes aos meus ouvidos, assim farei a vós outros. 29 - Neste deserto cairão os vossos cadáveres, como, também, todos os que de vós foram contados, segundo toda a vossa conta, de vinte anos e para cima, os que de entre vós contra mim murmurastes; 30 - Não entrareis na terra, pela qual levantei a minha mão que vos faria habitar nela, salvo Caleb, filho de Jefoné, e Josué, filho de Nun. 31 - Mas os vossos filhos, de que dizeis: Por presa serão, meterei nela; e eles saberão da terra que vós desprezastes. 32 - Porém, quanto a vós, os vossos cadáveres cairão neste deserto. 33 - E vossos filhos pastorearão neste deserto quarenta anos, e levarão sobre si as vossas infidelidades, até que os vossos cadáveres se consumam neste deserto. 34 - Segundo o número dos dias em que espiastes esta terra, quarenta dias, por cada dia um ano, levareis sobre vós as vossas iniqüidades, quarenta anos, e conhecereis o meu apartamento".
 E aqui este texto completo e na linguagem de hoje:

Números 14: 01 ao 34:

1) Então, naquela noite, todo o povo gritou e chorou. 2) Todos os israelitas reclamaram contra Moisés e Arão e disseram: -Seria melhor se tivéssemos morrido no Egito ou mesmo neste deserto! 3) Por que será que o Deus Eterno nos trouxe para esta terra? Nós vamos ser mortos na guerra, e as nossas mulheres e os nossos filhos vão ser presos. Seria bem melhor voltarmos para o Egito! 4) E diziam uns aos outros: -Vamos escolher outro líder e voltemos para o Egito! 5) Então Moisés e Arão se ajoelharam e encostaram o rosto no chão diante de todo o povo. 6) E Josué, filho de Num, e Calebe, filho de Jefoné, dois dos líderes que haviam espionado a terra, rasgaram as suas roupas em sinal de tristeza 7) e disseram ao povo: -A terra que fomos espionar é muito boa mesmo. 8) Se o Deus Eterno nos ajudar, ele fará com que entremos nela e nos dará aquela terra, que é rica e boa para plantar. 9) Porém não sejam rebeldes contra o Eterno e não tenham medo do povo daquela terra. Nós os venceremos com facilidade. O Eterno está com a gente e derrotou os deuses que os protegiam. Portanto, não tenham medo. 10) Apesar disso o povo ameaçou matá-los a pedradas, mas, de repente, todos viram a luz brilhante da presença do Deus Eterno aparecer sobre a Tenda Sagrada. 11) O Deus Eterno disse a Moisés: -Até quando este povo vai me rejeitar? Até quando não vão crer em mim, embora eu tenha feito tantos milagres entre eles? 12) Vou mandar uma epidemia para acabar com eles, porém farei com que os descendentes de você sejam um povo maior e mais forte do que eles. 13) Mas Moisés respondeu ao Deus Eterno: -Com o teu poder tiraste do Egito esta gente. Quando os egípcios souberem do que vais fazer com este povo, 14) eles contarão isso aos moradores desta terra. Estes já sabem que tu, ó Deus Eterno, estás com a gente e que és visto claramente quando a tua nuvem pára sobre nós. E sabem também que vais adiante de nós numa coluna de nuvem de dia e numa coluna de fogo de noite. 15) Se matares o teu povo, as nações que ouviram falar a respeito da tua fama vão dizer 16) que mataste o teu povo no deserto porque não pudeste levá-lo para a terra que prometeste dar a ele. 17) Agora, ó Deus Eterno, eu te peço que mostres o teu poder e que faças o que prometeste quando disseste: 18) "Eu, o Deus Eterno, tenho paciência e muita compaixão; eu perdôo a maldade e o pecado, porém não trato o culpado como se fosse inocente. Eu faço com que o castigo dos pecados dos pais caia sobre os filhos, os netos e os bisnetos." 19) E agora eu te peço, ó Deus, que perdoes o pecado deste povo, de acordo com a tua grande misericórdia, como já tens feito desde o Egito até aqui. 20) O Deus Eterno disse: -Já que você pediu, eu perdôo. 21) Mas, pela minha vida e pela minha presença gloriosa que enche toda a terra, juro que 22) nenhum desses homens viverá para entrar naquela terra. Eles viram a luz brilhante da minha presença e os milagres que fiz no Egito e no deserto. No entanto dez vezes puseram à prova a minha paciência e não quiseram me obedecer. 23) Eles nunca entrarão na terra que jurei dar aos seus antepassados. Nenhum daqueles que me abandonaram verá aquela terra. 24) Mas o meu servo Calebe tem um espírito diferente e sempre tem sido fiel a mim. Por isso eu farei com que ele entre na terra que espionou, e os seus descendentes vão possuir aquela terra. 25) Agora os amalequitas e os cananeus estão morando nos vales; portanto, amanhã voltem e vão para o deserto, na direção do mar Vermelho. 26) O Deus Eterno disse a Moisés e a Arão: 27) -Eu tenho ouvido as reclamações dos israelitas. Até quando vou agüentar esse povo mau, que vive reclamando contra mim? 28) Diga a essa gente o seguinte: "Juro pela minha vida que darei o que vocês me pediram. Sou eu, o Deus Eterno, quem está falando. 29) Vocês serão mortos, e os corpos de vocês serão espalhados pelo deserto. Vocês reclamaram contra mim, e por isso nenhum de vocês que tem vinte anos de idade ou mais entrará naquela terra. 30) Eu jurei que os faria morar lá, mas nenhum de vocês entrará naquela terra, a não ser Calebe, filho de Jefoné, e Josué, filho de Num. 31) Vocês disseram que os seus filhos seriam presos, mas eu vou levar esses filhos para a terra que vocês rejeitaram, e ali será o lar deles. 32) Porém vocês morrerão, e os corpos de vocês ficarão neste deserto, 33) onde os seus filhos vão caminhar quarenta anos. Eles vão sofrer porque vocês foram infiéis, até que todos vocês morram aqui. 34) Quarenta anos vocês vão sofrer por causa dos seus pecados, conforme os quarenta dias que vocês espionaram a terra, um ano para cada dia. Vocês vão saber o que é ficar contra mim".

            Que nós sejamos cristãos, pessoas cheios desse "Outro Espírito", um "Espírito diferente" que o mundo não pode ter, que o mundo não pode receber. O Espírito Santo e aprender a confiar sempre em Deus...

             Vamos escolher a vida, confiar em Deus, nos esforçar, sermos corajosos e não temer, porque Deus é o grande "Eu Sou" e está sempre em todos os momentos com a gente.

 

2ª Parte - Salmos 37 (Aguardem!!!)

   

 
 

 

 

 

Voltar para a página inicial

 

A Serviço do Rei  - Jesus está Voltando!!!  Você está Preparado???     © Copyright Site ASR - Todos os direitos reservados - 2011